Netflix anuncia a quarta temporada de Stranger Things com uma surpresa em seu teaser oficial

Padrão


O que estávamos esperando já há algum tempo se tornou realidade. A Netflix confirmou a quarta temporada de Stranger Things, anunciando a renovação do contrato com os irmãos Duffer, Matt e Ross, criadores da série.

O anúncio não chegou apenas em palavras, pois a plataforma lançou o primeiro teaser oficial e chega com notícias surpreendentes: eles não estão mais em Hawkins.

Embora seja um pequeno vídeo que mostra a entrada triunfante reconhecida na série, o que temos que focar é nos últimos segundos do clipe. Lá, é claramente revelado que a quarta temporada será ambientada em outra cidade fora de Hawkins, a cidade fictícia do estado de Indiana, onde vimos as temporadas anteriores.

Podemos perceber que a quarta temporada continuará a ter a criatividade dos Duffer Brothers, pois eles publicaram sua renovação de acordos com a Netflix para desenvolver este e outros filmes e séries por vários anos. Enquanto isso, Matt e Ross revelaram o seguinte: “Mal podemos esperar para contar mais histórias juntos, começando, é claro, com uma ida e volta ao Upside Down!”

Os fãs sabem quantas perguntas ficaram sem resposta na terceira temporada e, especialmente, no último capítulo da série. Como um resumo e para que você também possa analisar um pouco o panorama, aqui temos parte das incógnitas mais importantes:

– O chamado “americano” na célula russa será Jim Hooper?
– Como um Demogorgon chegou às terras russas?
Will e sua família se mudaram de Hawkins, mas será que a quarta temporada ganhará vida ou será no The World of Upside Down?

Aguardaremos…


Source: New feed

Spotify já permite que os usuários adicionem episódios de podcast em suas playlists

Padrão


Spotify acaba de atender uma das solicitações que os usuários vem pedindo ha muito tempo, a inclusão do suporte ao podcast na plataforma, a possibilidade de incluir episódios de podcast em suas listas de reprodução personalizadas.

Não há dúvida de que Spotify vem promovendo podcasts nos últimos tempos, e com a nova capacidade de permitir que os usuários já incluam episódios de podcast em suas listas de reprodução, podendo combiná-los com suas músicas favoritas, reforça ainda mais a plataforma como um lugar para desfrutar de podcasts.

Nesse sentido, os usuários podem adicionar episódios de podcast em listas de reprodução já criadas ou em listas de reprodução recém-criadas.

Assim, se decidirem criar listas de reprodução dedicadas exclusivamente a podcasts, terão as mesmas possibilidades de compartilhá-las como já compartilham listas de reprodução de temas musicais, podendo compartilhá-las diretamente com seus amigos ou com o público em geral.

A escolha de hoje não é coincidência, já que o Spotify aproveitou o Podcast Day, realizado a cada 30 de setembro, para apresentar esse novo recurso.

Obviamente, a possibilidade de adicionar podcasts a listas de reprodução está disponível apenas por meio do aplicativo para dispositivos móveis, como apontam no seu anúncio, embora, como geralmente os celulares são mais usados que os computadores, isso não trará grandes consequências.

Além das listas de reprodução personalizadas, os usuários também têm mais duas listas de reprodução, a primeira permitindo ouvir as músicas que mais ouviram nos últimos 30 dias, e a segunda permitindo ouvir as Faixas de música favoritas que não são ouvidas há muito tempo.


Source: New feed

Audius, serviço de streaming de música e hospedagem gratuita

Padrão


SoundCloud é o rei de sua categoria há muito tempo, mas está há muitos meses com problemas que afetam sua reputação. O custo de hospedagem de músicas é alto e, em algumas ocasiões, vimos alguns tópicos serem eliminados sem muita explicação … isso ajuda a considerarmos outras alternativas, e Audius é uma delas.

Audius é um novo site que oferece um novo local para artistas, profissionais que conseguem manter 90% da receita obtida com a plataforma.

É um serviço gratuito de streaming e hospedagem de músicas, apoiado por DJs famosos. Eles obtiveram mais de 5,5 milhões de dólares em investimentos e agora permitem que os usuários enviem suas músicas gratuitamente. Os usuários podem navegar, seguir e obter recomendações para ouvir. No momento, eles não têm muito conteúdo, apenas algumas centenas de artistas, mas já estão recebendo a atenção de músicos de todo o mundo.

Audius, não verdade, não hospeda música, só a descentraliza através de nós operados independentemente, usando a tecnologia blockchain. Acreditam que, dessa forma, se protegerão das demandas e pressão das gravadoras. 

Estão distribuindo seus próprios tokens criptográficos para incentivar os artistas que ingressaram antes, bem como, os operadores de nós, pois, se tiverem sucesso, poderão fazer negócios com eles.

Ele pode ser usado gratuitamente para ouvir músicas com qualidade de 320 kbps e, dentro de alguns meses, em 2020, a startup pretende permitir que os artistas optem por exigir que os usuários ouçam ocasionalmente anúncios ou paguem alguns dólares por mês por uma assinatura de Audius. Noventa por cento da receita será destinada a artistas e 10% a operadores de nós.

Para mais informações, é só acessar audius.co .


Source: New feed

Sketch para Windows – Lunacy 4.0, uma ferramenta de design gratuita que você precisa conhecer

Padrão

Para UX Designers que estão habituados a trabalhar com Skecrch no Mac e tem aquele medo de cair no Windows e perder todo poder que esta ferramenta pode oferecer. Fique tranquilo a  fotos e ilustrações em geral, você precisa conhecer uma ferramenta que acabou de lançar sua versão 4.0.

É um “Sketch para Windows” que, gratuitamente, permite realizar uma enorme quantidade de tarefas no mundo do design: Lunacy.

Entre outras funções, permite abrir e salvar arquivos de croquis, organizar páginas, desenhar, unir e alinhar objetos, usar ferramentas básicas de tipografia, ativos de exportação em PNG e SVG, trabalhar com CSS e XAML, características que foram expandidas até chegar a esta quarta versão apresentada no vídeo acima.

Criado pela empresa dos famosos ícones e ilustrações icons8, é apresentado como um aplicativo nativo do Windows que funciona offline e suporta arquivos.sketch. Seu arquivo de configuração é de apenas 15 Mb, é rápido e requer apenas 200 Mb de memória para um projeto básico.

Se tivermos um arquivo enviado por alguém usando a última versão do esboço, Lunacy poderá lê-lo, e se alterar o formato, Lunacy o atualiza para manter a leitura e o corrige antes de lançá-lo.

Também trabalham na leitura dos arquivos gerados pelo PSD para o Sketch Converter, e salvam os arquivos no formato .sketch, mantendo a estrutura original: nomes, grupos, ID.

O trabalho gerado pode ser entregue diretamente a um CDN, e prometem que a memória e o processador normalmente não são um problema, já que foi projetado para que possa ser executado em praticamente qualquer computador.

Sketch apresenta sua opção de colaboração entre equipes

Padrão

Sketch é um editor de gráficos vetoriais que está no mercado há 9 anos, um programa para Mac criado pela empresa holandesa Bohemian Coding, que ganhou vários prêmios e conseguiu chegar ao topo em pouco tempo.

Agora, estão oficialmente lançando sua versão beta de Sketch for Teams, uma primeira versão do que estão preparando para facilitar o trabalho em grupo. Planejam lançar a versão final dentro de um ano, mas já podemos testar suas primeiras funções.

Com uma versão gratuita de 90 dias, Sketch permite convidar toda a equipe para compartilhar um espaço em Sketch Cloud. Podemos adicionar um número ilimitado de espectadores para visualizar e comentar sobre os projetos, algo muito útil para clientes verem o progresso do projeto.

A partir do aplicativo Mac, podemos adicionar colaboradores que podem editar e compartilhar documentos, bem como obter um histórico completo de cada documento da equipe, e ainda retornar a uma versão anterior a qualquer momento.

O painel de administração oferece a possibilidade de administrar o equipamento e tudo, desde sketch.com/teams.

É o resultado da rodada de financiamento que tiveram no começo do ano. Eles investiram pesado em Sketch for Teams, bem como em Cloud Documents, outra solução também apresentada.

Sketch Cloud é ideal para compartilhar designs, obter comentários e distribuir bibliotecas, mas sabemos que carregar e abrir documentos pode, às vezes, demorar muito. Por isso, estão lançando Cloud Documents, uma nova maneira de criar, salvar e abrir documentos de Sketch Cloud, diretamente no aplicativo Mac.

Tudo começa com uma nova guia de nuvem na janela de boas-vindas, onde podemos ver e abrir qualquer um dos nossos documentos salvos em Sketch Cloud. Podemos escolher se queremos criar documentos locais ou na nuvem por padrão, sempre com a tranquilidade de que os documentos na nuvem também são salvos regularmente e automaticamente.

Um avanço em um programa que só tem um problema: é apenas para Mac.

UX folio, um site para criar seu portfólio de forma simples

Padrão
UX-folio-

Volta e meia recomendamos ferramentas diferentes para poder criar seu próprio portfolio, uma tarefa importante para quem se dedicam ao mundo da arte, como, por exemplo, o design. Recentemente, o fólio da UX chamou nossa atenção, uma plataforma simples que nos permite criar nosso próprio portfólio com rapidez e facilidade.

O objetivo dos criadores de UX folio é oferecer uma ferramenta que permita criar um portfólio focado em design de interface. Para fazer isso, UX folio conta com todos os tipos de ferramentas, tais como diferentes modelos e fontes, maquetes de dispositivos, elementos personalizados e, até mesmo, ideias de texto.

Uma das coisas que mais chamam a atenção é o aspecto profissional dos portfólios criados com o UX Folio, especialmente se levarmos em conta o rápido funcionamento da ferramenta. Por exemplo, aqui pode ver a aparência de um portfólio pronto. Embora seja uma ferramenta paga, UX folio possui uma versão gratuita mais que suficiente para um uso pontual. É claro que devemos ter em mente que só podemos ter um projeto ativo por vez.

Sem dúvida, é uma excelente ferramenta para quem procura formas alternativas de divulgar seu trabalho. Se você achou interessante, pode começar a criar seu portfólio, acessando o site UX folio.

Veja abaixo um vídeo mostrando o funcionamento do site:

 

PortableApps.com o mais popular do mundo, do software portátil

Padrão

PortableApps.com o mais popular do mundo, do software portátil, uma solução que nos permite ter softwares open source e livre de plataforma que funciona a partir qualquer dispositivo portátil de armazenamento (unidade flash USB, cartão de memória, disco rígido portátil), na nuvem,  em serviços como (Dropbox, Google Drive), ou instalado localmente.

Com milhões de usuários em todo o mundo e uma coleção completa de software de fonte aberta, bem como software freeware e comercial compatível e parceiros na indústria de software e hardware, PortableApps.com é a solução mais completa para a vida em movimento.

PortableApps.com foi fundada em março de 2004 por John T. Haller, o desenvolvedor por trás inúmeras aplicações portáteis, incluindo “Firefox Portable”, que iniciou a tendência software portátil.

Hoje, a equipe PortableApps.com está em mais de 100 desenvolvedores, tradutores, empacotadores de aplicação, designers e testadores de libertação, com milhões de usuários ativos e mais de 500 milhões de aplicativos baixados.

O objetivo PortableApps.com é centralizar o conhecimento e os esforços no desenvolvimento de softwares portáteis e construir uma plataforma única e aberta, que qualquer software ou hardware, usuário ou desenvolvedor possa utilizar.

Quem quiser testar a ferramenta, é só entrar em PortableApps.com.

UIDB, para encontrar exemplos de design de interfaces

Padrão

UIDB, um curioso site com diferentes exemplos de design de interfaces que poderá ser de grande utilidade para quem trabalha nesse segmento.

No geral, o funcionamento do site é bem simples. Após acessá-lo só é preciso usar o buscador incorporado para localizar exemplos de design de diferentes tipos. Por exemplo, UIDB mostra algumas etiquetas populares, como “Dashboard“, “Personalization“, “Social login” ou “Newsletter signup“.

Dentro de cada categoria podemos ver exemplos de design relacionados, muito útil para quem trabalha com design de sites e precisa de inspirações para algum projeto. Por outro lado, vale destacar a possibilidade de visitar qualquer dos exemplos que nos chamar a atenção, assim, podemos testar seu visual e funcionamento reais.

Sem dúvida, se trata de um recurso bem interessante, principalmente, para quem se dedica de uma forma profissional ao mundo do design.

Quem se interessar, pode testar seu funcionamento aqui.

Canva, para criar designs incríveis para suas redes sociais em apenas alguns minutos

Padrão

Canva é um serviço web repleto de recursos, facilita a transformação de suas ideias em peças impressionantes. Basta procurar pelas melhores imagens, fotos, ícones e fontes. Depois, é só usar o recurso arrastar-e-soltar do Canva para criar seu design.

Os recursos do Canva possibilitam que qualquer um crie designs incríveis, desde montagens criativas até imagens para social media ou mesmo mockups para sites.

E o Canva faz tudo na hora: veja os elementos serem girados, cortados em tempo real em seu design e garanta que as imagens estejam alinhadas e posicionadas com precisão.

Canva oferece isso tudo pra você de forma gratuita, mas se você quiser expandir mais existe a possibilidade de um plano pago que podem ampliar suas possibilidades.

UX Tools, para comparar múltiplas ferramentas de desenho

Padrão

Volta e meia mostramos por aqui alguma ferramenta voltada ao mundo do design. Levando em conta a grande quantidade de alternativas disponíveis, as vezes pode ser bem complicado comparar suas funções e possibilidades. E é aí que UX Tools pode ser de grande utilidade, já que é um interessante site que possibilita filtrar e comparar múltiplas ferramentas de desenho.

Seu funcionamento é bem simples, ao acessar UX Tools, veremos quatro seções para diferentes tipos de ferramentas: “Prototyping“, “Collaboration“, “Monitoring” e “Usability Testing“. Basta selecionar a que mais nos interessar e já podemos comparar as características e possibilidades oferecidas pelas diferentes ferramentas. Tal como vemos na imagem acima, UX Tools mostra o nome dos diferentes aplicativos e as características oferecidas por cada aplicativo separadamente.

Assim, podemos comparar facilmente quais ferramentas são compatíveis com nosso sistema operacional ou oferecem uma característica específica, como a possibilidade de exportar os arquivos em um determinado formato. Não resta dúvida de que se trata de uma ferramenta super interessante para todos os aficionados e profissionais relacionados com o setor de design.

Quem se interessar, é só clicar aqui e conhecer essa ferramenta, completamente gratuita.

Via: Wwwhats new